Poema para Natais

j.t.parreira
Comic Book
Posts: 169
Joined: 27 Jun 2005 13:00
Location: Aveiro-Portugal
Contact:

Poema para Natais

Postby j.t.parreira » 04 Dec 2007 22:50

Que criança regressa agora
a Belém para nascer?
Hoje há um avião
que bate nos arcanos do tempo
Um carro de combate
que procura na peça o ponto
onde começa o homem, uma casa
fechada atrás de sulcos
na parede, há novelos de arame farpado
para enredar os pés, as estrelas
procuram-se
com olhos cabisbaixos
Que criança força hoje
o recolher obrigatório?
E vem nascer em Belém
num leito aonde os animais
vêm deitar
no feno as suas bocas
E o silêncio das línguas.


J.T.Parreira

elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

Re: Poema para Natais

Postby elsefire » 19 Dec 2007 00:58

Já não venho escrever aqui há algum tempo, porque para mim os versos pararam de atravessar o braço, mas as pessoas que se conhece neste meio, não são para esquecer. Um bom natal para si João e para a sua família, com votos de que aquele que regressa a belém todos os anos, nos guarde nesta peregrinação constante, ao local onde os animais, aquecem o verbo, feito carne.
Estou em peregrinação para Belém.
Um forte abraço.

Lord Wimsey
Dicionário
Posts: 548
Joined: 29 Nov 2005 21:01
Location: Aveiro
Contact:

Re: Poema para Natais

Postby Lord Wimsey » 24 Dec 2007 01:37

Mil vénias.

(elsefire, tretas dessas não colam. sem os teus poemas isto anda pelas ruas da amargura)


Return to “j.t.parreira”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron