Intervalos da Morte

j.t.parreira
Comic Book
Posts: 169
Joined: 27 Jun 2005 13:00
Location: Aveiro-Portugal
Contact:

Intervalos da Morte

Postby j.t.parreira » 03 Jan 2009 15:58


(para o Saramago escrever um romance sobre!)


Como é que a morte pôde fazer isto
Parar subitamente, ninguém ontem
Morreu, a rosa não morreu
No caule, nem o soldado
No seu posto, nem um buraco negro
Recebeu a estrela caindo
Ninguém morreu ontem
Nem no dia seguinte
Quando a vida pára nas linhas
Dos diários, e o ouvido
Já está afeito às estatísticas
E a poesia
Ilustra a estética da morte.

JTParreira

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Intervalos da Morte

Postby Pedro Farinha » 03 Jan 2009 16:04

Muito bom. Realmente é a intermitência da morte no seu melhor. :thumbsup:


Return to “j.t.parreira”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron