Poesia Grega

Todos os lançamentos e opiniões cuja categorização não caiba nos sub-fórums alfabéticos permanecem aqui.
User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Poesia Grega

Postby Cerridwen » 12 May 2006 13:51

Poesia Grega
de Álcman a Teócrito


Image

Editor: Livros Cotovia
Colecção: Clássicos

A presente colectânea apresenta uma amostra representativa dos diferentes géneros poéticos cultivados na Grécia antiga. O reputado classicista Frederico Lourenço seleccionou as mais importantes composições poéticas de dez dos maiores poetas da Grécia Antiga. Cada um dos autores merece ainda uma introdução dedicada à sua vida e obra.

Os poetas presentes nesta antologia são: ÁLCMAN, autor do mais antigo exemplo que conhecemos de poesia lírica. Poeta do séc VII a.C., surge aos nossos olhos como curiosamente moderno, pelo extraordinário arrojo da sua linguagem e imagética. SEMÓNIDES, que terá vivido no séc. VII a.C., autor do poema mais desconcertante de toda a literatura grega, a chamada “Sátira contra as Mulheres”, presente nesta antologia. MIMNERMO, muito apreciado em Alexandria e em Roma, e um dos grandes mestres arcaicos da elegia. SAFO, primeira autora da literatura europeia, e para muitos a representante da própria ideia da perfeição em verso; ÍBICO, tido actualmente como o primeiro cultor da composição de odes triunfais dedicadas aos vencedores dos Jogos Helénicos. ANACREONTE, nascido por volta de 570 a.C., e surpreendente na força irónica e na amargura erótica dos seus poemas. TEÓGNIS, mestre do género elegíaco nascido no séc. VI a.C., e singular na literatura greco-latina pois é dele a primeira poesia política da literatura europeia. BAQUÍLIDES, nascido por volta de 520 a.C., durante muitos anos um “poeta maldito”, mas conservado pela posteridade como o poeta dos coloridos, dos matizes e dos efeitos de luz. PÍNDARO, nascido provavelmente em 518 a.C., está para a poesia lírica greco-latina como Homero está para a epopeia: são, cada um deles, a referência máxima em cada género. E é o primeiro génio da história da cultura europeia que tem plena consciência de ser genial. TEÓCRITO, criador de um dos géneros poéticos que mais influenciará toda a poesia europeia: o bucolismo.

Tradução por <a href='http://www.livroscotovia.pt/autores/k_l/l_12.htm' target='_blank'>Frederico Lourenço</a>

Return to “Vários”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron